11.30.2017

Cravo Túnico Tagetes sp

Uso do Cravo Túnico, cultivo e utilidades

O cravo túnico (Tagetes sp) é uma planta anual que apresentam uma floração exuberante e enriquece os cantinhos por onde passa. É cultivado com o propósito decorativo e de defender as plantas vizinhas. A associação dos cravos túnicos a outras culturas, permite obter resultados muitos positivos, ele actua como um insecticida natural, umas vez que toda a planta têm características que lhe permitem afastar vários tipos de pragas.

Utilidades do cravo túnico na horta


As características insecticidas do cravo túnico são úteis para repelir vários tipos de insectos e parasitas do solo. No solo afastam os nemátodos, as raízes dos cravos de defunto libertam substancias que repelem estes vermes parasitas. A planta proporciona bons resultados em diversas culturas, tais como o tomateiro, o feijoeiro e pimenteiro entre outros, porque o cravo túnico também têm a capacidade de repelir pulgões, mosca branca, ácaros e algumas lagartas.

A calda obtida do cravo túnico também têm acção repelente contra a mosca branca, pulgões, alguns tipos de ácaros e de lagartas. Coloque 1 kg de talos e folhas de cravo túnico em 10 litros de água. Deixe a macerar por dois dias, coe e borrife as plantas afectadas com esta calda. Poderá agilizar o processo, levar todos os ingredientes a ferver, deixar a arrefecer e usar na hora.

O aspecto decorativo é com certeza uma mais valia do cravo túnico. Atinge em média 30 a 40 cm de altura e floresce abundantemente no verão. É utilizado em vasos, floreiras, bordaduras e maciços. Oferece coloridos, exuberantes e apelativos, por mérito das suas flores que oferecem tonalidade bicolores que vão desde o amarelo, ao laranja até ao vermelho alaranjado.

Outras utilizações do cravo túnico:  Atrai insectos polinizadores e é utilizado nos jardins destinados à criação e atracção de borboletas. As flores e as sementes secas afastam as pulgas das camas dos animais. Repelem formigas, elas não toleram a planta e tendem a afastar-se (Como acabar com as formigas).

Cravo Túnico, cultivo e uso

Cultivo do cravo túnico


Os cravos túnicos são rústicos e crescem bem em qualquer solo, porém preferem solos moderadamente férteis, com boa drenagem e uma boa exposição solar.

A propagação do cravo túnico faz-se por sementeira preferencialmente na primavera. A sua germinação processa-se em duas semanas após a sementeira. Quando as plantas atingem o tamanho adequado faz-se o transplante em local definitivo, com 30 cm de espaçamento.

Apesar do cravo túnico ter características repelentes, não se livra do ataque de lesmas e caracóis que podem dizimar a planta num curo período. (Lesmas e caracóis como se livrar deles)

O cravo túnico é uma planta com um longo período de floração, como tal recomenda-se eliminar os talos e as flores secas, de modo a estimular nova rebentação e prolongar a floração.

Curiosidades sobre o cravo túnico


O nome tagetes, surgiu como uma homenagem a Tages o Deus da sabedoria, que atribuiu ao povo de Etrúria o dom de bem cultivar a terra

O cravo túnico de nome cientifico Tagetes sp, pertence à família das Asteraceae ou Compositae. Também é conhecido como cravo de defunto, flor de estudante, tagetes patula, rosa da Índia e cravo Francês.
É originário do México, onde era denominado como cravo de defunto e utilizado nos altares.

Sem comentários:

Enviar um comentário