10.30.2017

10 Plantas para purificar o ar da casa

10 plantas purificadoras que ajudam a purificar o ar da casa
O numero das fotos está relacionado com o numero da planta purificadora.

Dentro dos nossos lares acumulam-se resíduos dos mais diversos tipos, uns são tóxicos outro menos, mas no conjunto fazem estragos no nosso organismo, que muitas vezes nem nos damos conta. Não é difícil de compreender esta conclusão, falamos de um espaço fechado, que é manuseado e composto por objectos poluentes.

Entre as substancias tóxicas mais presentes destacam-se o benzeno, xileno, tricloroetileno, clorofórmios, amónios e aldeido. Elas advém de diversos elementos: tintas, aparelhos electrónicos, móveis, objectos decorativos, produtos de limpeza, produtos cosméticos entre muitos outros contaminantes, que libertam químicos para o ar.
Estes elementos em grandes quantidades provocam-nos mal estar como dores de cabeça, dores de garganta,  problemas de olhos, entre outros. Para o bem da nossa saúde, é primordial manter a boa qualidade do ar dentro na nossa casa e as plantas purificadoras podem ajudar.

Existem plantas que vão além da sua função decorativa, elas têm a capacidade de purificar o ar que respiramos, pelo facto de absorverem vários poluentes prejudiciais à nossa saúde. Afirmação não é nenhum mito, é baseado num estudo efectuado pela Nasa em 1989. Ao que parece as plantas têm a capacidade de captar uma serie de toxinas que existem no ar.
Existem muitas plantas com estas características, porém hoje vamos aqui deixar dez das mais importantes e com mais condições de adaptação a interiores.

 As principais plantas purificadoras



1 - Aloé Vera, Babosa (Aloe Arborescens)
A aloé vera ajuda a retirar do ar os poluentes lançados pelos produtos de limpeza.
É daquelas plantas que dá para tudo, ela purifica o ar, ela trata diversos problemas de saúde, alivia queimaduras, trata ferimentos e ajuda na beleza. (Benefícios da Aloé Vera para a saúde)
É uma planta que gosta de sol directo, não gosta de muita água e deve secar bem entre regas.

2 - Clorofito, planta aranha ou gravatinha (Chlorophytum comusum)
O clorofito é especialmente importante porque absorve monóxido de carbono, remove xileno e formaleído. É especialmente importante nas casas que contém lareiras, salamandras, recuperadores e outras fontes de combustão.
É uma planta purificadora que não requer muitos cuidados, dá-se bem ao sol ou à meia sombra e gosta de regas moderadas.

3 - Dracaena (Dracaena Marginata)
A dracaena também é uma excelente purificadora, ela filtra substancias tóxicas como benzeno e xileno.
Dá-se bem nos interiores e permite fazer excelentes combinações com outras plantas.

4 - Espada de São Jorge, Língua da Sogra (Sensevieria Trisfaciata)
A espada de São Jorge purifica o ar e absorve dióxido de carbono durante a noite e liberta oxigénio, ao contrário de outras plantas que fazem este processo durante o dia.
A planta não têm muitas exigências e pode crescer com pouca luz e pouca água.

5 - Ficus ( Ficus Benjamina)
O ficus purifica intensamente o ar, devido à grande quantidade de folhas e ao seu porte frondoso.
É uma das plantas mais utilizadas de interior e também não exige grandes cuidados. (Como cuidar o Ficus Benjamina)

6 - Hera (Hedera Helix)
A hera é uma das plantas mais purificadoras que há, uma das mais eficazes na absorção de vários compostos tóxicos á excepção da amónia.
É uma planta extremamente resistente que se dá praticamente em todo o lado.

7 - Lirio da paz (Spathiphyllum Wallissi)
É umas das plantas purificadoras mais reconhecidas, remove compostos voláteis do ambiente, incluído os do cigarro.
É uma das plantas mais fáceis de ter em casa, ela dá-se nas mais diversas condições e não requer muita manutenção. Apenas necessita de algum cuidados com a rega, porque ela sofre com a secura, mas também não tolera o encharcamento.

8 - Philodendro, Filodendro (Philodendron)
O philodendro é particularmente util na absorção dos produtos quimicos libertados pelos produtos de limpeza.
Encontra-se dentro das plantas mais utilizadas em casa, são compostos por várias espécies de diversos formatos e cores. São resistentes, fáceis de cuidar e de rápido crescimento. Gostam de água moderada e pouca luz.

9 - Planta jibóia (Epipremnum Pinnatum)
A planta jiboia é uma das mais reconhecidas no que se trata de absorção de toxinas.
É uma planta de origem tropical que sobrevive debaixo da copa de outras plantas, como tal requer meia sombra e ambientes húmidos.

10 - Samambaia, Lamina de espada (Nephrolepis exaltata)
A samabaia filtra xileno e formaleído uma substancia libertada pelas madeiras compensadas.
Aprecia ambientes húmidos e regas moderadas.

Sem comentários:

Enviar um comentário